terça-feira, 28 de junho de 2016

Queimados fatura título geral dos Jogos Abertos do Interior


Times da Vila Olímpica do município chegaram à final em três modalidades e levantaram o caneco mesmo sem vencer as finais

É campeão! Esse é o grito dos esportistas de Queimados, na Baixada Fluminense. A cidade, no último fim de semana, conquistou o título do JAI (Jogos Abertos do Interior), na classificação geral. Mesmo perdendo as finais do basquete feminino e no vôlei masculino, os queimadenses garantiram pela primeira vez o primeiro lugar na competição na competição. A final do futebol masculino, ainda sem data definida, vai ser a chance do município coroar o primeiro lugar com vitória.

Os atletas já foram para as disputas das finais em boas condições de levantar o título geral da competição, mesmo assim, lutaram até o fim para trazerem as medalhas nos esportes coletivos. Em Volta Redonda os queimadenses se esforçaram contra a forte equipe de Niterói, na decisão do vôlei masculino, mas foram derrotados por 3 sets a 1. No feminino, Quissamã superou os anfitriões pelo mesmo placar.


Pertinho Dalí, em Piraí, mais uma chance. No basquete feminino, as queimadenses fizeram um excelente jogo decidido só no último quarto, mas no fim Nilópolis reagiu e venceu por 79 e 76. Na decisão masculina, Cabo Frio venceu Três Rios por 68 a 67.

No fim, festa dos atletas da cidade de Queimados com o título no geral. A secretária municipal de Esporte e Lazer, Isabelle Ferrão, destacou a superação de cada atleta para a conquista da taça: “Estamos muitos felizes. Chegarmos à final em três modalidades é muito difícil e cada um dos nossos jogadores se superaram para conquistar este título. É a nossa cidade, cada vez mais, se consolidando no esporte”, disse. 

Jogos da Baixada também em ação

Além de conquistar o título do JAI, os atletas queimadenses também estão brigando em mais uma competição. Pelos Jogos da Baixada, o Vôlei Masculino e Feminino (Sub-14) terminaram em segundo lugar, perdendo para Nilópolis e Nova Iguaçu, respectivamente. Já no basquete, as meninas do Sub-14 ficaram apenas na quarta colocação.

No xadrez os queimadenses foram bem. Primeiro lugar no sub-17 masculino e segundo lugar no feminino Sub-17 e masculino Sub-14. O Feminino Sub-14 terminou em terceiro lugar.

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Para descontrair e manter a forma



Atividades físicas realizadas no Centro de Esporte e Lazer da Terceira Idade terão também encenação teatral. Espaço oferece vagas gratuitas

Combater o sedentarismo, obesidade, fortalecer os músculos, além de queimar calorias ao som de axé music, samba, mambo e até os batidões do funk. Este foi o cenário do  “aulão” da terceira idade, que aconteceu  nesta sexta-feira (24), no Centro de Esporte e Lazer (CELTI), com uma novidade: a partir de agora, o teatro fará parte da programação do espaço. O projeto, chamado de “expressividade”, consiste em encenação com temas específicos para os idosos.  A atividade é mais uma iniciativa da Secretaria Municipal da Terceira Idade (SEMTI) em prol da vida saudável e no combate ao sedentarismo. O próximo aulão será no dia 29, quando acontecerá o grande arraiá da turma.

Para o secretário da Terceira Idade, Antônio Orlando , a prática de exercícios físicos é a melhor forma de adquirir hábitos saudáveis. “A atividade é uma oportunidade de interação com os amigos e, ainda, cuidar da saúde. A prática regular de exercícios é a melhor maneira deles combateram o sedentarismo e aumentar a qualidade de vida. Estamos cumprindo uma determinação do prefeito Max Lemos que é cuidar dos nossos idosos. O CELTI é casa dos idosos e sempre estará aberta para recebê-los”, disse.

Já de acordo com a Professora de Educação Física, Amanda Luiza, as apresentações serão realizadas pelos professores e também pelos próprios alunos. “A ideia é mostrar a importância de diversos temas relativos aos idosos de uma forma lúdica e divertida”, explica.

Como se inscrever

O Centro de Esporte e Lazer oferece diversas atividades gratuitas como aulas de hidroginástica com piscina aquecida, ginástica localizada, musculação, step, espaço para dança, salão de jogos e oficinas de artesanato com materiais recicláveis. Os interessados em fazer as atividades podem se dirigir ao CELTI para fazer o cadastro. Para isso, basta levar os documentos de identidade e comprovante de residência (cópia), informar fator sanguíneo, duas fotos 3x4 e atestado médico (validade no mínimo de seis meses). Mais informações: (21) 2665-6526.

Cinema de graça promete esquentar as noites de Queimados, na Baixada


 Curtas e Longas-metragens serão exibidos gratuitamente duas vezes por mês em bairros distantes do centro. Projeto começa no próximo sábado (25) no bairro Valdariosa

Já imaginou curtir um filme comendo pipoca e tomando refrigerante e com aquela companhia agradável? E o melhor: Pertinho de casa e de graça? O projeto "Cine Queimados, desenvolvido pela Prefeitura de Queimados, na Baixada Fluminense, através da secretaria municipal de Cultura, vai levar curtas e longas-metragens a moradores de diversos bairros da periferia do município de Queimados, na Baixada Fluminense. E primeira exibição será neste sábado (25), no campo de futebol do Dom Bosco FC, no bairro Valdariosa, a partir das 18h. Nas telonas serão exibidos o curta “O triste fim de Helivélton” e o longa e “Os dois filhos de Francisco”. A entrada é franca. O projeto tem a parceria da  Globo Rio, Globo Filmes, Associação de Moradores do Valdariosa e o projeto #maisValdariosa.

Os filmes serão exibidos duas vezes por mês nos bairros mais carentes do município, com a visão de levar mais lazer e entretenimento às comunidades. ”Pretendemos atingir um público misto onde se destacam as crianças, que sempre representam um número expressivo nos eventos de rua, por este motivo, pensamos em filmes com classificação livre ou de idade mínima reduzida”, destaca o secretário municipal de Cultura, o ator Leandro Santanna.

Os moradores de diversos bairros da cidade serão convidados para as sessões através de distribuições de cartazes, anúncios nas redes sociais e panfletos entregues nas casas. A equipe do Cinema de Guerrilha da Baixada, irá exibir seus curtas e dialogar com os espectadores como produzir com baixo custo, filmes ficcionais ou documentais que falem sobre suas vontades e histórias.


O projeto vai levar sucessos do cinema brasileiro de graça não só aos moradores do Valdariosa e bairros adjacentes, mas também a outras localidades da periferia do município. Os próximos bairros a receberem o “Cine Queimados” serão Santo Expedito, Tricampeão, Eldorado, São José e Fanchem. 

É hora de levantar o caneco e soltar o grito de campeão


Pela primeira vez, Vila Olímpica de Queimados pode alcançar o título geral dos Jogos Abertos do Interior. Basta um triunfo em uma das três finais que vai disputar

Exibindo 1.jpgPresente em três finais dos Jogos Abertos do Interior (JAI), a Vila Olímpica de Queimados, na Baixada Fluminense, pode comemorar o inédito título de campeão geral da competição neste sábado (25).  Os queimadenses estão na disputa no Vôlei Masculino e no basquete feminino. Se alcançar um triunfo, o município vai celebrar a tão sonhada conquista. A cidade também está representada na decisão do futebol masculino, que ainda não tem data marcada para acontecer. 

Com a responsabilidade de representar um município que vem se destacando no esporte, as meninas do basquete fazem um clássico da Baixada Fluminense bem longe da região. Queimados e Nilópolis entram em ação no centro de eventos de Piraí, no Sul Fluminense, às 14 horas.  Após passar nas semifinais pela boa equipe de Teresópolis, as queimadenses vão empolgadas para a grande final. E na decisão do vôlei masculino, o time da Baixada enfrenta o Niteroi, às 18h, no Ginásio da CSN, em Volta Redonda.

Para conseguir o título geral, basta uma vitória em alguma das três finais disputadas. A Vila Olímpica de Queimados, com uma combinação de resultados, tem chance de levantar o caneco até mesmo se não conquistar nenhum dos três títulos em disputa. Mas a secretária municipal de Esporte e Lazer, Isabelle Ferrão, vibrou com os resultados obtidos e está confiante na conquista: “Sabíamos da nossa capacidade. Fizemos grandes partidas e conseguimos chegar à final em três modalidades. Vamos à luta para levantar o caneco”, destacou.

O adversário já é conhecido, mas a data da final do futebol está dependendo da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Queimados e Maricá devem fazer a preliminar de um jogo do Campeonato Brasileiro e por isso o dia e o local da partida seguem indefinidos.

Disputas também pelos Jogos da Baixada

Após não começar bem nos Jogos da Baixada, quando ficou apenas com o sexto lugar no atletismo, os queimadenses tentam a recuperação já na rodada deste fim de semana, que será realizada neste sábado (25) com as partidas do vôlei, basquete e xadrez.  No vôlei, os homens encaram a equipe vizinha de Japeri e as mulheres terão pela frente o time de São João de Meriti. As partidas serão realizadas no SESC de Nova Iguaçu (Rua Dom Adriano Hipólito, 10, Moquetá), a partir das 9h, com entrada franca.

Já pelo basquete feminino sub-14, as meninas queimadenses esperam já nas semifinais a equipe vencedora do duelo entre São João de Meriti e Mesquita. Para encerrar o dia, as disputas do Xadrez serão a atração.

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Ação de conscientização encerra a semana de combate à violência contra o Idoso

Evento contou com distribuição de panfletos, do estatuto do Idoso e apresentação de Tai Chi Chuan na Praça Nossa Senhora da Conceição, no Centro

Encerrando a Semana do Combate à Violência contra o idoso, a Prefeitura de Queimados promoveu uma ação de conscientização na Praça Nossa Senhora da Conceição, no Centro. Quem passou pelo local na manhã desta sexta-feira (17) foi orientado pelas equipes da Ouvidoria do Idoso, do Conselho Municipal do idoso, Centro de Referência de Assistência Social (CREAS) e do Programa Saúde do Idoso com a distribuição de panfletos explicativos sobre os direitos do idoso com telefones úteis para denúncias, além do Estatuto do Idoso. 

Com apresentação de Tai Chi Chuan e Lian Gong de alunos do Centro de Esporte e Lazer da Terceira Idade (CELTI), a ação teve o objetivo de encorajar os idosos que sofrem qualquer tipo de violência, seja física ou psicológica, que denunciem esses casos. As vítimas são acompanhadas por assistentes sociais, psicólogos do CREAS, e  encaminhadas para a 55º DP (Queimados) ou Ministério Público.

A coordenadora do CREAS, Rogéria Braga, destaca que muitos casos não são identificados, porque os próprios idosos têm medo de denunciar e desconhecem seus direitos previstos pelo estatuto. “Muitos não conhecem seus direitos e não denunciam com medo de retaliação dos agressores. Em muitos casos, infelizmente, são os próprios filhos e/ou netos. Além disso, há também exploração financeira em que muitos pegam a aposentadoria dos idosos”, explicou.

Proteção contra a violência da pessoa idosa

No município de Queimados, a Terceira Idade conta com algumas opções para denunciar abusos, maus tratos e receber atendimento. São eles: Ouvidoria do Idoso (2665-6526), que funciona às segundas, quartas e sextas-feiras, das 9h às 17h, no CELTI (Avenida Maracanã, s/n – Vila Pacaembu), no CREAS (2663-2251), que funciona na Secretaria Municipal de Assistência Social (Rua Eugenio Castanheiras, n° 176 – Centro) e o Programa Saúde do Idoso, que presta serviços de prevenção em saúde com agentes comunitários das Estratégias de Saúde das famílias (ESFs). As denúncias também podem ser feitas diretamente na delegacia mais próxima ou pelo Disque 100.      
   
O aposentado Carlos Augusto, de 66 anos, aprovou a ação de conscientização. “Achei importante, porque muitas pessoas assim como eu, também não sabem dos seus próprios direitos. Conheço alguns amigos que foram abandonados pelas famílias e recebem sua aposentadoria”, comentou. 

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Estacionamento com tempo contado em Queimados


Sinalização na Avenida Irmãos Guinle
 Texto: Bruno Anacleto | Fotos: Luiz Ambrósio

Prefeitura cria vagas de curta duração na região central do município. Medida visa melhorar o fluxo do trânsito e facilitar compras rápidas

Para viabilizar o estacionamento de forma rápida, a Prefeitura de Queimados, através da Secretaria Municipal de Segurança, Transporte e Trânsito (SEMUSTRAN), implantou vagas de curta duração para carros por um período máximo de 30 minutos, no Centro. Os primeiros quatro pontos vão funcionar na Avenida Irmãos Guinle e na Rua Padre Marques, somente para veículos com pisca-alertas ligados. A ideia é melhorar o fluxo de veículos, de carga e descarga de passageiros e facilitar compras rápidas. Inicialmente, o estacionamento rotativo será gratuito e não vai precisar de tíquetes.

Secretário Elias José explica sobre as vagas rotativas
De acordo com secretário da Pasta, Capitão Elias José, o objetivo com a nova sinalização é beneficiar os condutores que desejam fazer comprar rápidas e têm dificuldades para encontrar vagas. “Algumas pessoas criaram o hábito de estacionar o carro no centro de madrugada, quando saem para trabalhar e ocupam este lugar durante todo o dia. Com as vagas de curta duração, o número de motoristas beneficiados vai aumentar, porque ela é rotativa. O estacionamento será apenas por um período de 30 minutos com o pisca-alerta ligados”, explicou.

O motorista Marcos Roberto da Silva, de 42 anos, usou a vaga rotativa pela primeira vez e aprovou iniciativa. “Achei ótimo ter essas vagas temporárias. Aqui no Centro é muito difícil conseguir um lugar para estacionar e nesse esquema rotativo podemos parar e comprar rapidinho. Eu mesmo já fui multado uma vez por parar irregularmente”, disse Roberto, que foi a farmácia e não demorou 15 minutos no local. 

Interdição de túnel para obras

Motorista Marcos Roberto aprovou a nova medida
Outra mudança no trânsito foi a interdição provisória do túnel que interliga os bairros Dona Branca e Fanchem. A interdição foi necessária para execução da primeira etapa da obra de infraestrutura que prevê saneamento e asfalto em uma estrada de seis quilômetros, que irá ligar Queimados ao Distrito de Engenheiro Pedreira (Japeri), beirando a linha férrea. A medida vai até a próxima segunda-feira e o trânsito de veículos está proibido no local. A obra é uma realização da Prefeitura em parceria com o Departamento de Estradas e Rodagens (DER).

Locais de vagas rotativas:

1- Avenida Irmãos Guinle, do n° 1.075 ao n° 1.033 (Em frente à Farmácia Galante)
2- Avenida Irmãos Guinle, do n° 1.175 ao n° 1157 (Em frente a Casa do Biscoito)
3- Avenida Irmãos Guinle, do n° 1.321 ao n° 1.285 (Em frente a Vidraçaria Nova Opção)
4- Rua Padre Marques, n° 20 ao n° 38. (Em frente a frente à Casa Lotérica) 

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Caminhada no combate a violência contra idosos

Ação de conscientização contou com zumba, step, alongamentos. A programação continua na sexta-feira (17) na Praça Nossa Senhora da Conceição

A Vila Pacaembú, em Queimados, parou nesta quarta-feira (15) para ver os idosos alertando a população sobre seus direitos. Os alunos do Centro de Esporte e lazer da Terceira Idade (CELTI) realizaram uma caminhada referente ao Dia Mundial de Combate a Violência contra Idosos. A caminhada, promovida pela Secretaria Municipal da Terceira Idade, terminou com ginástica, exercício físico e distribuição de panfletos nos semáforos, conscientizando a população sobre os direitos do público. Na sexta-feira, 17, a programação continua a partir das 8h com prestação de consultoria gratuita com base no Estatuto do Idoso, na Praça Nossa Senhora da Conceição.

A consultoria será promovida pela Secretaria Municipal de Assistência Social com o intuito de orientar idosos e profissionais sobre os direitos protegidos em lei para o público. O secretário da Terceira Idade, Antônio Orlando, explica que o objetivo é alertar tanto os idosos quanto a população. “Muitos não conhecem seus próprios direitos e acabam perdendo muitos benefícios. Por outro lado, também é uma ação educativa para orientar a população a respeitar o público. É uma oportunidade de nutrir a mentalidade de que cuidando do idoso estamos cuidando do nosso futuro”, destacou.

Quem participou ativamente da caminhada, foi Suely Francisca (58), moradora do bairro Valdariosa, que destacou a importância da caminhada para divulgar os direitos dos idosos. “Muitas vezes deixamos de fazer algo ou cobrar nossos direitos porque não sabemos como eles funcionam, a orientação é um avanço pra nós, os idosos, e importante para população, pois assim, cada vez mais teremos espaço e respeito em todos os âmbitos”, concluiu.