sexta-feira, 25 de julho de 2014

Idosos participam do 1º “aulão” de ginástica no CELTI em Queimados


Atividade física no Centro de Esporte e Lazer da Terceira Idade contou com cerca de 60 pessoas 

Quase 60 idosos levantaram mais cedo nesta sexta-feira, dia 25 de julho, para participar do primeiro “aulão” de dança e ginástica do Centro de Esporte e Lazer da Terceira Idade (CELTI), próximo à Vila Olímpica de Queimados. Realizado no próprio Centro de Esporte e Lazer, as aulas animaram os idosos com muita música e atividades de alongamento. Totalmente gratuito, os aulões que são realizados uma vez por mês têm o objetivo de prevenir doenças crônicas estimulando a prática de exercícios físicos.

Para o secretário municipal da Terceira Idade, José Alves de Carvalho “Dequinha”, a iniciativa das aulas além de ser uma atividade física funciona também para confraternizar e estimular a prática de exercícios físicos. “Além de cuidarem do corpo e da mente, as atividades são uma oportunidade deles interagirem com amigos e professores. A ginástica é uma forma de prevenir doenças crônicas e aumenta a qualidade de vida deles”, disse o secretário.

Após as atividades da Secretaria Municipal da Terceira Idade, os alunos participaram de um café da manhã para recarregar as energias. Para o aposentado Samuel Moraes de Souza (foto ao lado), de 66 anos, fazer exercícios é uma rotina para manter a saúde. “Sei da importância das atividades físicas para manter minha saúde em dia. Aqui podemos cuidar do nosso bem estar e ainda fazer amigos nos grupos de ginástica”, contou Samuel, que faz parte de um dos pólos de atividades físicas espalhados pelo município.

Inscrições abertas para atividades gratuitas 

Inaugurado no início deste mês com o nome de Francisco Marinho Quintanilha – músico falecido da região –, o CELTI está com as inscrições abertas para atividades gratuitas. Com equipamentos de musculação, piscina aquecida para aulas de hidroginástica, salão de jogos, espaço para dança, oficinas de artesanatos e auditório, a unidade vai receber alunos com idade acima de 50 anos.

Os interessados em se matricular podem procurar a Secretaria Municipal da Terceira Idade (Avenida Maracanã, s/n° - Vila Pacaembú) munidos dos documentos de identidade e comprovante de residência (cópia), informar fator sanguíneo e telefone para contato, duas fotos 3x4 e atestado médico (validade no mínimo de seis meses). Informações pelo telefone (21) 2665-6526 ou pelo e-mail: semti@queimados.rj.gov.br.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Queimados recebe a final do Campeonato brasileiro de quadrilhas juninas

Finalistas de 11 estados vão dançar na Praça dos Eucaliptos nos dias 25, 26 e 27

Depois de 15 anos no esquecimento,  Queimados dá um passo importante para o resgate das tradicionais festas juninas e os famosos campeonatos de quadrilhas que movimentavam públicos de mais de seis mil pessoas em cada evento que se espalhava pela cidade de junho até outubro. Para não perder o clima, as festas recebiam apelidos como agostina (agosto), setembrina (setembro) e até outombrina (outubro). A cidade irá sediar a final do campeonato brasileiro de quadrilhas juninas nos dias 25, 26 e 27 de julho, que está sendo organizado pela Secretaria Municipal de Cultura em parceira com a CONAQJ/RJ (Confederação Nacional de Quadrilhas Juninas do Rio de Janeiro) na  Praça dos Eucaliptos, Centro do município, a partir das 19h.

A cidade irá receber 21 grupos de onze estados do país, são eles: ES, SP, TO, MT, TO, DF, MG, MR, DF, BA e AL e o Rio de Janeiro terá duas finalistas na competição; a Espigão de Angra dos Reis e a Fulejo do KM 32 em Nova Iguaçu, além de seis  oconcur: a Show de Ramos comandada pela dona Shirley Santos, a presidente de quadrilha mais antiga do Brasil, com mais de 50 anos de estrada, Sampaio, a quadrilha mais antiga do mundo com 58 anos de existência, São Judas da igreja católica de Mesquita e revelação do campeonato estadual,  a infanto-juvenil Enrola mais sai de Duque de Caxias, Fogueirão de Queimados e Cazombá de Paciência (Zona Oeste do Rio).

Segundo o secretário de cultura, Marcelo Lessa, que foi presidente de uma das quadrilhas mais renomadas do Estado do Rio, a extinta Charlie Chaplin, este será um evento de resgate das tradições juninas na cidade. “Durante muitos anos, esta cultura foi abandonada pela modernidade que hoje busca outros prazeres, no entanto, a sociedade tem se mostrado saudosista de suas raízes e nós enquanto poder público temos sido cobrado pelo resgate e estamos fazendo a nossa parte em apoiar a todas que queiram voltar a se apresentar, oferecendo estrutura para o evento”, observou Lessa.

Na sexta, 25 entram na disputa da final, as quadrilhas: Enrola Mais Sai – RJ (21h), Roraima (em eliminatória) (21:45), Flor do Sertão – MT (22:30), Fulejo – RJ (23:15), Capa Preta – ES (00h), Paixão Junina – MG (00:45h) e Maranhão – Em eliminatória (1:30h).

Sábado, 26 será a vez da quadrilha São Judas – RJ (participação especial) às 20h, Paixão Rio Grande do Norte (em eliminatória), 20:15h, Caiçara – SP, 20:30h, Mandacaru – GO, 22h, Alagoas (em eliminatória), 22:45h, Facho de Fogo – BA, 23:30, Pizada da Butina – TO, 00:15, Para (em eliminatória), 1:00h, Pé de Serra – Distrito Federal 1:30.

Domingo, 27 mais nove quadrilhas entram no “mata-mata”: Cazumba – RJ (participação especial), 17h, Mistura Gostosa – PB, 17:45h, Caiçara na Roça AM, 18:30h, Unidos em Asa Branca – SE, 19:15, Ceará (em eliminatória), 20h, Pau Melado – DF (atual campeã brasileira), 20:45h, Tradição – PE, 21:30h, Espigão Show – RJ, 22:15h, Aurora Boreal – RJ (participação especial) 23h. O resultado final sairá às 23:30h.



Serviço:

Final do Campeonato brasileiro de quadrilhas juninas no Rio de Janeiro
Local: Praça dos Eucaliptos, Queimados
Horário: 21h
Datas: Sexta (25), Sábado (26) e domingo (27).

Sexta 25

Enrola Mais Sai – RJ (21h),
Roraima (em eliminatória) (21:45),
Flor do Sertão – MT (22:30),
Fulejo – RJ (23:15), Capa Preta – ES (00h),
Paixão Junina – MG (00:45h) e
Maranhão – Em eliminatória (1:30h).

Sábado 26

São Judas – RJ (participação especial) às 20h,
Paixão Rio Grande do Norte (em eliminatória), 20:15h,
Caiçara – SP, 20:30h,
Mandacaru – GO, 22h,
Alagoas (em eliminatória), 22:45h,
Facho de Fogo – BA, 23:30,
Pizada da Butina – TO, 00:15, Pará (em eliminatória), 1:00h,
Pé de Serra – Distrito Federal 1:30.

Domingo 27

Cazumba – RJ (participação especial), 17h,
Mistura Gostosa – PB, 17:45h,
Caiçara na Roça AM, 18:30h,
Unidos em Asa Branca – SE, 19:15,
Ceará (em eliminatória), 20h,
Pau Melado – DF (atual campeã brasileira), 20:45h,
Tradição – PE, 21:30h,
Espigão Show – RJ, 22:15h,
Aurora Boreal – RJ (participação especial) 23h.
O resultado final sairá às 23:30h.


Reportagem: Dine Estela e Camila de Paula
Fotos: divulgação
Assessoria de imprensa | PMQ
3778-7503
Secretário e coordenador de jornalismo Ailton Tinho

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Alunos especiais aprendem brincando em Queimados

A oportunidade de aprender conforme o tempo do indivíduo e suas potencialidades e ser atendido de maneira personalizada e individual já é realidade na cidade de Queimados. Sete escolas já contam com a sala de recursos especiais e o projeto irá ampliar-se para atingir a todas as unidades municipais. O projeto atende 30 alunos especiais com dificuldades de aprendizado, por turno, totalizando 60 alunos atendidos. Os alunos tem 1h de aula duas vezes por semana, sempre no contra turno, para que a criança não perca nenhuma disciplina da aula regular.

Na sala de recursos especiais os alunos com deficiência intelectual são atendidos de acordo com sua faixa etária e dificuldade de aprendizado. Para atendê-los com excelência, a secretaria de Educação seleciona professores que tenham preparo na área de ensino para especiais. As escolas que possuem a sala são as Escolas Municipais: Pastor Arsênio Gonçalves, Nelson Carneiro, Cledon Cavalcante, Monteiro Lobato, Oscar Weinschenck, Carlos Pereira Neto e Metodista. 

Para a implementadora da Educação Especial, Letícia Aparício, o trabalho, que é novo, já vem dando frutos e em breve estará disponível a toda a rede municipal. “Começamos atendendo as escolas que mais tinham alunos com dificuldades especiais, o Monteiro Lobato, por exemplo conta com mais de 40 alunos com alguma deficiência especial, fora os com dificuldades de aprendizado. Os alunos de outras unidades onde não possuem ainda a sala de recursos especiais são encaminhados a escola mais próxima que possua a sala para que assim, todos sejam atendidos. Nosso objetivo é que toda a rede receba professores capacitados para atender as crianças em suas próprias unidades” explicou Letícia.

Resultados

A professora do Monteiro Lobato, Simony Ricci Coelho, foi aprovada no último concurso público e seu projeto realizado na sala de recursos especiais rendeu o primeiro lugar à escola no concurso anual Alberto Pirro realizada pela Secretaria de Educação, que premia os melhores projetos do ano da rede municipal. “Meu trabalho tem o objetivo de levar a criança a atingir o nível de leitura e escrita através da ludicidade, usando jogos, músicas e imagens. Em seis meses, nosso trabalho conseguiu levar duas alunas que não sabiam ler e escrever, através do incentivo foram levados a conseguir letramento” contou Simony.

A aluna do 3º ano da EM Cledon Cavalcante, Sara Friguês, melhorou seu desempenho escolar depois que frequentou a sala de recursos da professora Sandra Cruz, como conta seu avô Nilton Friguês. “A Sarinha vai muito melhor agora, as notas melhoraram e o aprendizado dela também. A professora Sandra é um amor e agradeço muito pelo trabalho e dedicação com a minha neta. Este trabalho fez a diferença na vida dela”, explicou Nilton.

Ambiente itinerante chega ao bairro Fanchen em Queimados

Crianças trocam litro de óleo saturado por bonequinho
 ecológico que cresce cabelo de alpiste
O bairro Fanchen em Queimados foi o primeiro dos 10 da primeira etapa do projeto a receber uma equipe itinerante da Secretaria Municipal do Ambiente com várias ações de combate à vulnerabilidade ecológica identificada em pesquisa de diagnóstico da Secretaria.  O projeto pretende atingir a todos os bairros do município até o final de 2015. A comunidade recebeu a ação na sede do Circo Baixada para orientações sobre o replantio de mudas, hortas suspensas e entrega de óleo de cozinha. A ação contou ainda, com palestras sobre como cuidar melhor do meio ambiente. A próxima ação irá acontecer no bairro Eldorado em agosto.  Os próximos bairros a receber a equipe serão: Jardim da Fonte, Porteira, Tricampeão, São Roque, Ponte Preta, Jardim Excelsior, Meu Ranchinho e São Miguel.

A Guarda Ambiental do Município realizou palestras sobre as queimadas, principal problema ambiental no bairro Fanchen. De acordo com o Secretário Municipal do Ambiente, Alex Dornellas, o projeto “Ambiente Itinerante” tem como missão tornar o cidadão um parceiro efetivo da ação. “É importante de ter o cidadão como parceiro do meio ambiente. Seja você também um amigo do jardim”, pediu o secretário que pretende deixar um legado em cada bairro por onde passar a ação. No Fanchen, a ação está deixando hortas suspensas no Circo que irá beneficiar com a sua produção, a mais de 200 crianças e ainda ficará aberta ao uso da comunidade, além de jardins de pneus.

Alex Dornelas e Dona Helena
Dona Lizomar Monteiro, 68 anos, moradora do bairro ouviu a notícia da chegada da equipe pelo carro de som e se interessou em aprender a fazer hortas suspensas. “Não tenho muito quintal, mas posso cultivar hortaliças, achei a ideia muito interessante. Como tenho uma filha especial, esta será uma terapia ocupacional muito interessante”, observou.  Já Dona Helena Alves, 70, aproveitou para descartar seu óleo de cozinha e aprender um pouco mais sobre a reutilização de alguns materiais como as garrafas pet, pneus e alimentos. “Tenho muitas garrafas e agora sei como poderei reaproveitá-las da melhor maneira possível”, disse. 

Texto: Dine Estela
Fotos: Felipe Bragança
3778-7503
Subsecretário e coordenador de jornalismo Ailton Tinho



segunda-feira, 21 de julho de 2014

Fanfarras de diversos estados se apresentaram em Queimados


Evento levou mais de cinco mil pessoas à Praça dos Eucaliptos

Queimados recebeu no último domingo, 20, o VI concurso de Bandas e Fanfarras com a participação de mais de cinco mil pessoas na Praça dos Eucaliptos. Ao som de liras, baquetas e cornetas afiadíssimas, mais de 20 bandas participaram do concurso que premiou até o terceiro lugar nas categorias: corpo musical, corpo coreográfico, baliza, regência e regente Mor. O concurso é avalizado e normatizado pela CNBF (Confederação Nacional de Bandas e Fanfarras) que rege os concursos nacionais e estaduais.

Na Classificação geral a banda do CIEP 489 de Resende conquistou o primeiro lugar com 753 pontos, a COMMBAC de Arraial do Cabo, o segundo com 736 pontos e a COMUEL de Duque de Caxias o terceiro lugar com 726 pontos. O evento foi organizado pela Associação de Apoio às Bandas e Fanfarras Estaduais do Rio de Janeiro e a Secretaria Municipal de Cultura de Queimados, com o apoio da Secretaria Municipal de Educação que cedeu as instalações escolas para receber os componentes. O evento contou também com a participação na organização de Elias Oliveira, fundado da ABAFERJ.

O Secretário de cultura, Marcelo Lessa quer aumentar a participação deste tipo de evento na cidade: "Faz parte da nossa cultura e eu tenho encontrado com pessoas ligadas a este movimento para ver como podemos aumentar a exposição e freqüência deste tipo de evento. A ideia é que volte a ser como antigamente, quando cada escola tinha a sua banda competindo, muito dessa prática se perdeu, mas aqui no município não chega a ser um resgate, pois o prefeito Max Lemos sempre incentivou”, ressaltou. 

Concurso vira tradição familiar
A família da banda Facerj, do Ciep 247 de Resende participa junta dos concursos há 11 anos. Naiane Pacific tem nove anos de banda e Jeneci Jesus tem 11 anos. Casados há quatro anos, dois filhos (2 e 6 anos), os concursos já viraram tradição na família:  "Nos conhecemos em uma competição em Angra dos Reis e estamos juntos até hoje, sempre freqüentando eventos de fanfarra, sempre fomos de fanfarra de colégio, mesmo antes de nos conhecer e nunca vamos sair. As crianças já estão entrando no ritmo com as baquetas na mão". Disse Naiane.

Segundo Michele Vinhas, presidente da Associação de Bandas e Fanfarras Estaduais do Rio de Janeiro – ABAFERJ, o campeonato Estadual será em Valença no próximo mês e o mundial em Bragança Paulista (SP). “Este concurso funcionou como um amistoso preparatório para os campeonatos estadual e nacional, logo uma etapa muito importante para conhecer seus concorrentes”, observou Michele. Queimados já sediou três campeonatos estaduais.

José Carlos Oliveira (jurado) ressaltou a importância destes concursos no resgate da cidadania, haja vista, que muitos jovens são retirados da ociosidade e até das drogas:  "Em todo o tempo que participo destes eventos, vejo que representa um grande trabalho social porque resgata pessoas das ruas e das drogas, os jovens se socializam e aprendem música, disciplina, entusiasmo e dedicação". Disse o jurado.

Lista vencedores CONFABANQ 2014 - Concurso de Bandas e Fanfarras de Queimados

Classificação Geral

1. CIEP 489 – 753,0 PTS

2. COMMBAC – 736,0

3. COMUEL – 726,0

4. ODETE PENA MUNIZ – 676,5

5. LÍBANO BRASILEIRO (SÊNIOR) – 626,5

6. COMUV – 618,0

7. BANDA CANADÁ – 605,5

8. B. T. NOVA FRIBURGO – 583,0

9. COMOR – 581,5

10. PORTO REAL – 547,0

11. A. DO LADÁRIO – 538,5

12. ROGER MALHARDES – 531,5

13. COMANE – 520,5

14. LÍBANO BRASILEIRO (INFANTIL) – 517,5

15. COMVIMA – 511,0

16. COMBAV – 480,0

17. FIERCE – 0,0

18. INST. ALVES CORREIA – 0,0

CATEGORIA: PERCUSSÃO INFANTIL

Total geral: Líbano Brasileiro

CORPO COREOGRÁFICO: SEM GANHADOR

BALIZA: Líbano Brasileiro (inf)

Balizador: sem ganhador

REGENTE:Líbano

REGENTE MOR: Líbano

CATEGORIA: PERCUSSÃO Sênior

Total geral: Comuel


CORPO COREOGRÁFICO: Comuel

BALIZA: Comor

Balizador: Comuel

REGENTE:Comor

REGENTE MOR: Comuel

CATEGORIA: PERCUSSÃO INtrumentos melódicos

Total geral: COMMBAC

CORPO COREOGRÁFICO: COMMBAC

BALIZA: Líbano Brasileiro (sênior)

Balizador: COMUV

REGENTE:Líbano (sênior)

REGENTE MOR: Líbano (sênior)

CATEGORIA: FANFARRA GATILHO

VENCEDOR: CIEP 489

CATEGORIA: BANDA MARCIAL

VENCEDOR: PORTO REAL

CATEGORIA: BANDA MUSICAL

VENCEDOR: COMVIMA


Todas as bandas  e fanfarras participantes:
LIBANO BRASILEIRO: Belford Roxo
COMUEL – Duque de Caxias
FIERCE – Cabo Frio
COMANE – Mesquita
COMOR – São Gonçalo
AGUIAS – Belford Roxo
ROGER MALHARDES – Teresópolis
COMUV – Niterói
F. MIGUEL JAYME – Resende
COMVIMA – Visconde de Mauá
F. PORTO REAL – Porto Real
ODETTE PENHA – Nova Friburgo
COMMBAC – Arraial do Cabo
AVANTE – Muriaé
BAROES DO VALE – Teresópolis
CMLB – Belford Roxo
LEÕES – Queimados
FANFAJAC – Não registrou endereço ainda
MURIAEL – Não registrou endereço ainda
COMMEC – Campos
COMUT – Niterói
CONDESA RIO BRANCO – Rio Bonito
FANFADUQUE – Duque de Caxias

IMPERIAL – Petrópolis

Reportagem: Dine Estela e Camila de Paula
Fotos: Luiz Ambrosio e Felipe Bragança
Assessoria de imprensa | PMQ
3778-7503
Secretário e coordenador de jornalismo Ailton Tinho
  

Sonho da casa própria vai se tornar realidade para mais 1500 famílias de Queimados

Fotos: Luiz Ambrósio 
Felipe Carvalho-Rio. O sonho da casa própria está próximo de se tornar realidade para mais 1500 famílias do município de Queimados. As obras do condomínio Habitacional do Bairro Jardim da Fonte estão a todo vapor. O empreendimento destinado às famílias com renda mensal de até três salários mínimos está entre os maiores projetos do programa voltado para essa faixa de renda na Baixada Fluminense. O investimento da obra gira em torno de R$ 109 milhões. Ao todo estão sendo construídos 75 prédios de cinco andares com quatro unidades por andar.

Cada apartamento possui 40 metros quadrados. No total, o empreendimento soma 65 mil metros quadrados de área construída. O condomínio prevê apartamentos com dois quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e estacionamento, além da infraestrutura de lazer, que conta com área de convivência, playground e quadras poliesportivas. A previsão de entrega da obra é para março de 2015.

Outro diferencial do projeto é o número de apartamentos destinados às pessoas com deficiência. O projeto prevê que três por cento de todas as unidades habitacionais sejam destinadas a esse público. No conjunto do Jardim da Fonte, 45 apartamentos serão para essa população, ou seja, a cada 300 apartamentos construídos, nove serão adaptados. Os apartamentos especiais estão sendo construídos no térreo e contam com acessibilidade total, além de vagas para estacionamento.

Método construtivo diferenciado garante escala e baixo custo

O processo construtivo da obra se baseia em alvenaria estrutural, em que as paredes de alvenaria e as lajes enrijecedoras funcionam estruturalmente em substituição aos pilares e vigas utilizados nos processos construtivos tradicionais. As principais vantagens deste método são flexibilidade construtiva, economia e velocidade de construção. Mas sua maior notoriedade deve-se ao seu potencial de racionalização e produtividade, que possibilita a produção de construções com bom desempenho tecnológico aliado a altos índices de qualidade e economia.

Habitação traz desenvolvimento

De acordo com o prefeito Max Lemos, junto à construção das unidades habitacionais, outro fator importante é a chegada do desenvolvimento para as Regiões onde os condomínios estão sendo edificados, com a implantação de equipamentos públicos. “O Jardim da Fonte, por exemplo, comemora não só a chegada de 1500 apartamentos, mas também a construção de um posto de saúde, escola, creche, o estádio municipal de futebol, além das obras de infraestrutura nas ruas da região”, destacou Max.

Segundo o Secretário Municipal de Habitação, Cacau Nogueira, o município se empenhou na elaboração de projetos habitacionais com a finalidade de diminuir o déficit habitacional na cidade, além de retirar famílias carentes de áreas de risco. “Logo no início do governo fizemos projetos para a construção de unidades habitacionais e, por isso, fomos a primeira cidade da Baixada a ter o convênio assinado. Estamos criando condições de levar uma moradia digna para a nossa população e, consequentemente, bem-estar e melhoria da qualidade de vida”, afirmou Cacau.

Inscrições encerradas com mais de 20 mil cadastrados


Em Queimados, as inscrições para o Minha Casa, Minha Vida já foram encerradas com mais de 20 mil pessoas cadastradas. O sorteio para preenchimento das unidades habitacionais do Bairro Jardim da Fonte deve ser realizado no início de 2015. Ao todo, mais de 2 mil Unidades já foram entregues à população de Queimados: 1500 no Bairro Valdariosa, 220 no Belmonte e 406 no São Jorge e quase 3 mil estão em fase de construção, as 1500 do Jardim da Fonte, 1040 no Bairro Vila Camorim e 396 no Bairro Eldorado. 

Morro da Paz recebe obras de infraestrutura em Queimados

Fotos: Luiz Ambrósio - Divulgação
Mais um bairro está de cara nova em Queimados. Com investimento de R$ 35 milhões, através de uma parceria com o Governo do Estado – verba oriunda da Secretaria de Estado de Habitação, a Prefeitura já realizou parte das obras de infraestrutura, que incluem rede de esgotamento sanitário, rede de drenagem pluvial e pavimentação do Morro da Paz. Ao todo, o projeto está beneficiando ainda mais quatro bairros da região (Do Carmo, São Francisco, São Geraldo e Vila Camorim) asfaltando um total de 40 ruas.

As obras incluem também a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que está em fase de construção no Campo do Palestra (bairro do Carmo). Com o investimento, 13 quilômetros de ruas serão asfaltados.  Só no Morro da Paz, cinco ruas que juntas totalizam cerca de dois quilômetros de extensão, já foram pavimentadas e estão em fase de construção de calçadas em concreto, são elas: João da Silva, Espírito Santo, Elza, São Mateus e Anastácia.

Para o prefeito de Queimados, Max Lemos, sem a parceria do Governo do Estado seria praticamente inviável realizar as obras. “Se fosse depender apenas do orçamento da Prefeitura não seria possível asfaltar tantas ruas. Estamos investindo em infraestrutura para dar continuidade ao desenvolvimento da cidade e a melhoria na qualidade vida das pessoas. A parceria com o Governo do Estado tem sido fundamental no crescimento do município. Isso mostra que quando os governos se unem quem sai ganhando é a população”, destaca Max.

Lama, poeira e buraco são coisas do passado

De acordo com o secretário municipal de Obras, Elerson Alves, as obras são mais uma ação para beneficiar moradores que vivem em regiões periféricas da cidade. “Queremos dar maior qualidade de vida e dignidade à população desses bairros com obras de saneamento e pavimentação. Agora, os moradores do Morro da Paz não terão mais que enfrentar lama após as chuvas. O objetivo é e sempre será cumprir o nosso compromisso com a população”, frisou Elerson.


Segundo o pintor que mora na Rua João da Silva há 15 anos, Nuan Felipe, 21, a rua asfaltada acabou com o drama de sair para trabalhar com os pés na lama quando chovia. “Tínhamos muitas dificuldades em subir o morro. Aqui não chegava carro e nem passava o caminhão do lixo. Muitos políticos prometeram que iam fazer alguma coisa, mas nunca deu em nada. Era só promessa, nada acontecia. Não acreditava que um dia sairia da lama para pisar no asfalto. Isso é um sonho antigo de nós moradores”, finalizou o morador.