terça-feira, 5 de abril de 2016

Batida perfeita para embalar a juventude



Projeto desenvolvido pela Prefeitura de Queimados oferece oficinas gratuitas de mixagem e informática. Inscrições estão abertas

Texto: Joyce Pessanha | Fotos: Luiz Ambrósio PMQ

Trabalhar com músicas e festas é o sonho de vários jovens. Esta realidade não é diferente para o estudante Pedro Silva, de 17 anos, que anima os encontros rotineiros da família, em Queimados, na Baixada Fluminense. Em setembro, o jovem completará a maioridade e, claro, não poderia faltar a batida perfeita na comemoração do aniversário. Antes, porém, já ganhou um presente antecipado: está se aperfeiçoando e se preparando para a mixagem das músicas, sem tirar um centavo do bolso, através da oficina de DJ oferecida pelo projeto Estação Juventude. Desenvolvido pela Prefeitura de Queimados, através da secretaria de Assistência Social, com o apoio do governo federal, o projeto está com inscrições abertas para oficinas livres de mixagem e de informática.

Faz três semanas que o Pedro iniciou as aulas no projeto, tempo mais que suficiente para se apaixonar pela profissão de DJ. Ele já sonha em ganhar uma graninha extra para ajudar nas despesas pessoais. “Em poucas aulas já é incrível o que eu consigo fazer. Já sei fazer a transição das músicas e começo a dominar o CDJ. Além de poder, futuramente, animar as festas, ainda dá pra se divertir muito nas aulas. Vale muito à pena fazer a oficina”, convidou.

Jovens têm a oportunidade de cursar informática e mixagem
Quem quiser fazer companhia a Pedro dentro da sala de aula ainda dá tempo de se inscrever. Basta ter entre 15 e 29 anos e comparecer, a partir das 13h, ao Centro de Referência em Assistência Social (Cras), no Centro (Av. Olímpia Silva, nº 46) com o documento original da carteira de identidade, CPF e comprovante de residência.

Fotografia e música a partir de junho

De acordo com a secretária de Assistência Social de Queimados, Ana Paula Rosalino, apesar de não ser profissionalizante, o curso representa uma oportunidade para os jovens aprenderem mais sobre os temas abordados e terem uma opção de renda complementar no futuro. “Vamos oferecer mais cursos a partir de junho, de diferentes assuntos, ao longo do projeto. O próximo terá fotografia e música. A ação reforça o objetivo da secretaria de oferecer oportunidade de inclusão nas políticas públicas para os que estão na faixa etária do programa”, destacou.

O projeto “Estação da Juventude” é um programa do Governo Federal que tem como objetivo ampliar o acesso de jovens à políticas, programas e ações. As oficinas têm duração de 3 meses e são destinadas para jovens com idade entre 15 e 29 anos.  São disponibilizadas 240 vagas por oficina. As aulas serão ministradas de segunda a sexta-feira das 13h às 21h, com duração de uma hora cada e aos sábados em um horário especial: das 9h  até às 12h.

segunda-feira, 7 de março de 2016

Atendimento bem pertinho de casa

Queimados vai inaugurar 10 Clínicas da Família até o fim do ano.  Meta é levar atendimento básico de saúde a todos os bairros

Texto: Camila de Paula | Fotos: Luiz Ambrósio

Todo profissional de saúde decreta: “Prevenção é a solução!”. Visando seguir à risca a essa recomendação e ampliar o atendimento básico de saúde no município, a Prefeitura de Queimados pretende inaugurar até o fim do ano 10 novas Clínicas da Família. Três delas (Luiz de Camões, Santiago e Fanchem) estão em fase final de construção e serão entregues ainda no primeiro semestre. Com a implantação das novas unidades - que vão se juntar as outras 11 existentes -, o programa dobrará a sua capacidade de cobertura na cidade, chegando a 60% dos bairros com atendimentos de uma equipe multidisciplinar e visitas por agentes comunitários, promovendo assim mais qualidade de vida bem perto de casa.

O município conta ainda com quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS), que atendem as demais áreas não contempladas pelas Clínicas da Família. Mesmo assim, a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) de Queimados tem a meta de chegar a 100% do município com este modelo de Agentes Comunitários de Saúde nas residências com assistência básica àquelas pessoas que moram próximas, trazendo qualidade de vida, onde cada unidade contempla uma área de atuação, de acordo com a divisão do município em microrregiões.

Cada equipe de Saúde da Família deve ser responsável por, no máximo, 4 mil pessoas de uma determinada área, por isso o limite de pessoas cadastradas por área. Para atender essa demanda, o município realizou concurso público em setembro do ano passado. A partir do início de março, ao menos 111 agentes serão convocados para atuar nas próximas clínicas. Eles realizarão visitas periódicas nas residências para verificar a necessidade de consultas ou exames, vão fazer a marcação e entrarão em contato em seguida.

Cada clínica terá uma equipe multiprofissional, com médico e enfermeiro especialistas em saúde da família, auxiliar ou técnico de enfermagem, agentes comunitários e profissionais de Saúde Bucal. Eles farão os atendimentos mais corriqueiros, como: odontologia, pediatria, clínica geral, ginecologia e obstetrícia (preventivos e pré-natais) e serviços de enfermagem em geral, como curativos, verificação de pressão e vacinas.

De acordo com o prefeito Max Lemos o objetivo principal das novas unidades será o trabalho de prevenção. Segundo ele, duas unidades já foram inauguradas em sua gestão: uma no Bairro São Jorge e outra no Eldorado. “É o resgate daquele médico da família que estava sempre por perto. De manter serviços básicos em dia, como preventivos, vacinas, saúde bucal, manutenção da pressão arterial, entre outros”, explicou.

Núcleo para as especialidades

Já a secretária de Saúde, Dr. Fátima Sanches, informou que os atendimentos especializados: como: ortopedia, cardiologia, gastrologia, nutrição, endocrinologia, neurologia, oftalmologia, entre outros, serão oferecidos no novo Núcleo de Especialidade de Queimados (NEQ), no espaço anexo ao Cethid, na Vila Pacaembu, até a inauguração da Policlínica no Fanchem prevista para os próximos 60 dias. “As Clínicas da Família têm como característica o atendimento mais essencial do dia a dia, com visitas e metodologias que mantêm os moradores com a saúde sempre em dia. Precisamos continuar com esta política de saúde que implantamos no município”, destaca.

Ainda de acordo com a secretária, os atendimentos médicos serão agendados pelos agentes comunitários e não por ordem de chegada, como é o costume nos postos de saúde. “Assim evita-se filas e transtornos, não precisa chegar de madrugada para pegar número. O agente vai telefonar ou visitar para agendar e ele presta conta junto ao Ministério da Saúde com relatórios das visitas e metas de visitação e atendimentos estipulados”, afirma.

Agilidade e eficiência no atendimento

Para a dona de casa, Elaine Henriques Santana, de 40 anos, a clínica “resolve quase todas as suas necessidades médicas”. Segundo a moradora do bairro São Jorge, com cinco filhos, ela mantém atualizado pré-natal, teste do pezinho, preventivo, planejamento familiar e consultas com o clínico geral e pediatra. “Eu resolvo tudo por aqui, vou à clínica duas vezes ao mês. Raramente saio do meu bairro para consultas ou exames. Nem preciso me lembrar das consultas, a agente passa na minha porta e deixa tudo agendado”, diz a dona de casa que mora próximo à Clínica Dr. Robson Romero de Oliveira.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Carnaval com proteção

Ação realizada em praça pública distribuiu mais de 7 mil preservativos

Texto: Camila de Paula | Fotos: Luiz Ambrósio

Para cuidar dos foliões com relação às doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), a Prefeitura de Queimados, através da secretaria de Saúde realizou uma ação na Praça Nossa Senhora da Conceição, nesta segunda-feira (01/02) pela manhã. Com objetivo de orientar e alertar a população em tempos de folia, sobre a importância de prevenção contra DSTs, a equipe da Vigilância em Saúde distribuiu 7, 2 mil camisinhas. Além dos preservativos e panfletos informativos sobre a transmissão de doenças, a equipe também encaminhou os interessados para o teste rápido de HIV e complementou a iniciativa com outras ações educativas, como orientação para tabagismo, hanseníase, hipertensão e qualidade da água.

Até o fim da folia, a previsão é de que mais de 20 mil camisinhas sejam distribuídas para os 19 blocos carnavalescos que irão desfilar até a terça-feira de Carnaval (9/2).  Cheia de humor, a campanha contou com apresentação lúdica da técnica da Educação em Saúde, Heloísa de Oliveira, que distribuiu os preservativos com uma fantasia carnavalesca para chamar a atenção do público.

A secretária municipal de Saúde, Dra. Fátima Sanches, explica a importância e o efeito positivo conquistado ao conscientizar as pessoas no período da festa momesca: “Com a camisinha na mão, o folião não tem desculpas para não usar, esse incentivo é fundamental para evitar diversas doenças. Vamos usar camisinha, pessoal. A folia acaba, mas a saúde permanece!”, avisa a secretaria.

De acordo com a coordenadora do programa DST/Aids da pasta, Adriana Claudino, nessa época, a necessidade de conscientização é ainda maior. “As pessoas curtem muito, beijam muito e namoram muito, é importante lembrá-las dos cuidados. Esta ação dá muito certo, sempre atingimos um grande público e evitamos doenças sexualmente transmissíveis no município”, destacou.

O pedreiro José Aroldo de Araújo, de 54 anos, agradece: “Saí daqui abastecido para o meu Carnaval, agora é só aproveitar bastante, sem culpa e sem riscos”.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Ação de combate à hanseníase em praça pública

Distribuição de folhetos informativos e encaminhamento para exames são alguns dos serviços que serão oferecidos gratuitamente na próxima segunda-feira em Queimados

O programa de combate à hanseníase da Prefeitura de Queimados realizará uma ação de conscientização na Praça Nossa Senhora da Conceição, no Centro, na próxima segunda-feira (25), com o objetivo de esclarecer e prevenir os munícipes contra a doença. Além de distribuição de materiais de conscientização, a atividade terá um profissional habilitado para o encaminhamento de exames. A iniciativa faz parte da comemoração ao “Dia Mundial de Combate à Hanseníase”, instituído pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para conscientizar a população e reafirmar o compromisso de luta contra a doença.

A ação acontecerá das 9h às 12h e contará, ainda, com o apoio de outros programas de saúde do município, oferecendo aferição de pressão arterial, avaliação nutricional, pesagem do programa Bolsa Família, entre outros serviços. Todos gratuitos!

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Dra. Fátima Sanches, a ação visa desmistificar cada vez mais essa doença que tem cura. “Algumas patologias são carregadas de mitos ao longo da história, por isso é importante levar até as pessoas, nas praças e centros médicos, informações sobre os sintomas, causas e tratamentos”, explicou.

Em Queimados, o programa de combate à hanseníase funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, no prédio da Vigilância em Saúde, que fica na Av. Irmãos Guinle, Centro (ao lado da loja Nalin). Mais informações pelo telefone: (21) 2665-5815.

Sobre a hanseníase

A Hanseníase é uma doença infecciosa que atinge a pele e os nervos das extremidades do corpo. O tempo entre o contágio e o aparecimento dos sintomas pode variar de dois a até mais de 10 anos. A hanseníase pode causar deformidades físicas, que podem ser evitadas com o diagnóstico no início da doença e o tratamento imediato.

A transmissão se dá por meio de uma pessoa doente que apresenta a forma infectante da doença e que, estando sem tratamento, elimina o bacilo por meio das vias respiratórias, podendo assim infectar outras pessoas suscetíveis.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Caminhando juntos contra o Mosquito

Evento reuniu mais de 200 pessoas entre autoridades e agentes de saúde

Texto: Camila de Paula | Fotos: Simone Silva
Com o intuito de chamar atenção da população para a rotina de cuidados contra o Aedes Aegypti, a Prefeitura de Queimados promoveu nesta sexta-feira (18) uma caminhada de conscientização contra a Dengue, a Zika e a Febre Chikungunya, doenças transmitidas pelo mesmo mosquito. A iniciativa que partiu da Praça dos Eucaliptos, no centro, e seguiu pela Avenida Dr. Pedro Jorge até o Largo da Porteira, faz parte da força-tarefa anunciada no início do mês pelo prefeito Max Lemos. O evento foi finalizado com a realização de uma ação de saúde que além de alertar a população sobre os cuidados, sintomas e tratamento das doenças ofereceu serviços como aferição de pressão arterial, distribuição de preservativos, entre outros.
Cerca de 300 pessoas participaram da caminhada, entre elas, os 162 agentes de endemia, o prefeito Max Lemos, a Secretária de Saúde Dra. Fátima Sanches, entre outros servidores e secretários municipai. A intenção da caminhada, de acordo com o Prefeito Max Lemos é de chamar a atenção da população para os cuidados em casa. "Estamos fazendo a nossa parte do lado de fora com a coleta de lixo em dia e retirando entulhos pelos quatro cantos da cidade, porém mais 80% dos focos estão dentro das residências. A luta é de todos", destacou.
A campanha seguirá segundo o prefeito até o fim do verão com uma série de medidas para intensificar as ações preventivas já realizadas nos 32 bairros do município, como: vistorias técnicas às residências, o uso de carros fumacês, retirada de entulhos e coleta de lixo. “Pedimos a cada morador que tire 10 minutos do seu dia para verificar os possíveis focos do mosquito. Juntos, vamos vencer essa guerra!”, disse.
De acordo com a secretária de Saúde de Queimados, Fátima Sanches, também estão sendo realizadas ações de caráter educativo, como palestras, reuniões, atividades lúdicas nas escolas e instituições religiosas da cidade. “Temos todos que fazer a nossa parte diante da epidemia que assola o Brasil ultrapassando 1,5 mil cidades atingidas e mais de  1,5 milhão de casos suspeitos.  Já temos mais de 300 casos notificados de Zika, sendo 10 gestantes. Nenhum confirmado. A situação está sob controle, mas temos que nos mobilizar para evitar que o pior aconteça”, frisou.
A dona de casa, Ângela Gomes, de 58 anos, apoiou a iniciativa ao receber panfletos e esclarecimentos diretamente da secretária de saúde. “É muito bom saber que a prefeitura se preocupa com isso. Agora não tenho desculpa, estou por dentro de tudo. Se a população fizer a parte dela, vamos vencer essa doença maldita”, acredita.
Denúncias, informações e outros serviços relacionados à endemia podem ser feitos através do disk dengue atende pelo número: 2665-3939.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Queimados vai promover caminhada contra a Zika

A Secretaria de Saúde também vai oferecer diversos serviços no Largo da Porteira

Texto: Camila de Paula | Fotos: Luiz Ambrósio

O mosquito não tem fronteira, nem bandeira, mas tem controle. Diante da epidemia de Zika Vírus de assola o Brasil ultrapassando 1.500 cidades atingidas e mais de  1,5 milhão de casos suspeitos, o município de Queimados, que tem mais de 300 casos, age no combate e controle ao mosquito causador da doença, o Aedes aegypti. Dentro da programação que configura a campanha #QueimadosContraoMosquito – uma verdadeira força-tarefa com operações que intensificam serviços públicos desde o dia 9 de dezembro – , a cidade será palco de uma Caminhada Contra a Zika, na próxima sexta-feira (18), partindo do Largo da Porteira às 9h, em direção ao centro pela Avenida Dr. Pedro Jorge. 

Para a ação estima-se mais de 200 pessoas, entre elas, o Prefeito Max Lemos, a Secretária de Saúde, Dra Fátima Sanches, os 162 agentes de endemia, servidores e quem mais quiser participar. A iniciativa na Porteira, além de panfletagem qualificada nas residências e comércio local, contará também com tendas para esclarecer a população sobre os cuidados, sintomas e tratamento das doenças transmitidas pelo mosquito, relaizando encaminhamento de consultas e exames para os postos de saúde. Outros programas oferecerão aferição de pressão arterial, distribuição de preservativos, entre outros serviços. 

A intenção da caminhada, de acordo com o Prefeito Max Lemos é de chamar a atenção da população para os cuidados em casa. "Estamos fazendo a nossa parte do lado de fora, porém mais 80% dos focos estão dentro das residências. A luta é de todos", destaca o prefeito. A campanha, que seguirá até o fim do verão, envolve uma série de medidas para intensificar as ações preventivas já realizadas nos 32 bairros do município, como: vistorias técnicas às residências, o uso de carros fumacês, intensificação dos serviços de retirada de entulhos e coleta de lixo até completar 15 dias da campanha em nove bairros da cidade. 

De acordo com a Secretária de Saúde, Fátima Sanches, também estão sendo realizadas ações de caráter educativo, como palestras, reuniões, atividades lúdicas nas escolas e instituições religiosas da cidade. “Será o dia Z. Todos contra a Zika. A prefeitura está reunida trabalhando intensamente, na última segunda-feira (14), uma reunião intersetorial de todas as secretarias foi realizada para direcionar planos de ação, mas precisamos da ajuda da população”, afirmou a secretária. Proprietários de terrenos e loteamentos sem uso também estão sendo notificados, já que podem acumular mais facilmente focos do mosquito. O disk dengue atende pelo número: 2665-3939, para denúncias de possíveis focos da doença. 

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Programação extensa para a padroeira

Texto: Leandro Machado / Fotos: Luiz Ambrósio e Willian Wallace 
A dupla Felipe e Hudson será uma das atraçõesMissas, procissões, shows e até passeio ciclístico vão marcar os festejos pelo dia da padroeira de Queimados, Nossa Senhora da Conceição, celebrado na próxima terça-feira (8 de dezembro). A prefeitura em parceria com a igreja católica local preparou quatro dias de atividades gratuitas para celebrar a data. O início será já neste sábado com shows do Grupo Todamagia e PC do Forró, a partir das 20h, na Praça que leva o nome da santa, no Centro. Já o encerramento será na terça-feira com a missa celebrada pelo bispo da Diocese de Nova Iguaçu, D. Luciano Bergamin, na nova matriz próxima ao cemitério municipal.
No domingo (6), a partir das 8h, será celebrada uma missa campal na Praça do centro e a partir das 9h30, cerca de 200 pessoas irão participar de um passeio ciclístico denominado “Famílias pela Paz”. À noite terá uma missa solene, às 19h, na nova matriz. E a partir das 20h30 começa a maratona de shows. Vão levantar os devotos de Nossa Senhora da Conceição o Grupo Anima, a cantora Juliara Ghiner e as duplas Elson e Rose e Felipe e Hudson que encerrarão as atividades do dia.
Já na segunda-feira (7), uma missa campal será celebrada a partir das 20h, na Paróquia São Francisco de Assis, no bairro Ponte Preta. Para encerrar a programação com chave de ouro, na terça (8) não poderia faltar, claro, a tradicional procissão com a imagem da santa percorrendo as ruas do município. Ela partirá, às 19h, da nova matriz (na Rua Vereador Marinho Hemetério de Oliveira) até a antiga sede (Na Praça Nossa Senhora da Conceição). Logo após, Dom Luciano, bispo da Diocese de Nova Iguaçu, celebra a missa de encerramento. A partir das 20h30, o show fica por conta da cantora Ghislaine Cantini e dos Grupos Força Jovem e Anima.
Superação na vida e devoção à santa
Dona Maria da Conceição, uma vida de féSe tem uma palavra presente no vocabulário da dona de casa, Maria da Conceição Thiago, 91 anos, é devoção à Nossa Senhora da Conceição. Sua fé não se restringe ao mesmo nome que o da padroeira de Queimados, também se faz presente nas imagens da santa espalhadas pela sua residência, nas camisas que utiliza quando vai à missa e nas medalhas que guarda nas gavetas do quarto. Primeira filha numa família de quatro irmãos, seu nome foi fruto de uma promessa da mãe que era católica fervorosa. “Ela pediu que eu nascesse com saúde”, recorda Conceição.
Nascida em Minas Gerais, ela se mudou aos 18 anos para a Zona Norte do Rio de Janeiro onde construiu sua família. Aos 40, veio para a Baixada de onde não saiu mais. Dois anos mais tarde veio o grande baque da vida. Perdeu o marido com seis filhos para criar, a mais nova com 10 meses e a mais velha com  9 anos de idade. Trabalhou como doméstica e conseguiu que todos concluíssem a formação em nível superior na área da educação. Três dos seis filhos foram batizados na antiga matriz que leva o nome da santa. “Tudo que peço, ela (Nossa Senhora da Conceição) me atende. Só de criar seis filhos sozinha e nenhum deles desviar do caminho é motivo de agradecimento”, ressalta.
Patrimônio Histórico
Lado interno do templo de Nossa Senhora da ConceiçãoA primeira igreja dedicada à Nossa Senhora da Conceição foi erguida em 1878, logo após a construção da linha férrea, no Centro do ainda povoado de Queimados. Esta comunidade fazia parte da Paróquia de Austin e um dos párocos de maior notoriedade foi João Mush. Parte da fachada desabou em 1949 e a partir daí foi decretada a criação da primeira capela, onde hoje é a antiga matriz, na praça que leva o nome e tem uma bela imagem da padroeira na parte central. Quatro anos depois, em 4 de dezembro, o Padre José Marques é designado pároco de Queimados. Em 1989, a Igreja foi tombada pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural. Já em 1982 foi construída a nova sede na Avenida Vereador Marinho Hemetério de Oliveira, liderada pelo saudoso Padre Sá.

O padre Luiz de Oliveira (67) está a frente da Paróquia Nossa Senhora da Conceição há dois anos e está muito feliz com a realização. Segundo o pároco, Queimados tem aproximadamente 15 mil devotos da santa e a festa é para relembrar os fatos históricos e trazer mais comunhão aos fiéis: “Todo festejo é com intuito de unir os povos e a nossa não é diferente. Nossa padroeira traz com ela muita história na nossa cidade e é isso que vamos comemorar. Agradecer as graças e celebrar a vida”, disse. O secretário municipal de Cultura, Marcelo Lessa, também destacou as comemorações: “Vamos celebrar a nossa padroeira e não poderíamos deixar de realizar esta programação”, destacou.